App faz monitoramento fotográfico da boca de maneira remota

Pesquisadores da área de computação, da Kingston University – no Reino Unido –, conseguiram um financiamento para viabilizar e desenvolver uma IA (Inteligência Artificial) que pode identificar automaticamente sinais de câncer bucal em estágio inicial, utilizando um aplicativo de rastreamento que já existe.

O projeto  terá como base o aplicativo MeMoSa (Mobile Mouth Screening Anywhere), da Cancer Research Malaysia, que atualmente é usado para capturar imagens da cavidade oral para interpretação remota de especialistas em odontologia e cirurgia. O App vem se popularizando, principalmente, entre oncologistas da Europa e Asia.

Os pesquisadores da Kingston University, no Reino Unido, e da Malaysia’s University da Malasia, irão treinar um sistema de aprendizado profundo para distinguir entre milhares de fotos com e sem sinais de câncer para, depois, integrar esse sistema ao aplicativo. Os estudos estão sendo realizados em conjunto com as duas instituições. Apesar de estarem otimistas, os pesquisadores reconhecem que há desafios a serem ultrapassados.

“O nosso desafio é desenvolver modelos de aprendizagem profunda que demonstrem alta precisão e previsão de doenças. Se acharmos que essa abordagem é confiável o suficiente, a Inteligência Artificial poderá ser usada para outras formas de rastreamento de doenças com uma ampla gama de possíveis aplicações no campo do diagnóstico médico”, explicou a pesquisadora Sarah Barman, PhD, professora de visão computacional da Kingston.

O financiamento da pesquisa foi aprovado há pouco tempo e os estudos de viabilidade estão ainda em fase preliminar da pesquisa. Não há prazo final para a conclusão da ferramenta.

Fonte: https://www.dentalpress.com.br/portal/inteligencia-artificial-podera-diagnosticar-cancer-de-boca-em-estagio-inicial/

Artigo Original: Researchers training AI mobile app to detect early signs of oral cancer